terça-feira, 29 de novembro de 2011

Fernando Gomes admite que Vítor Pereira não gera consenso


Fernando Gomes reconhece que Vítor Pereira, candidato ao Conselho de Arbitragem da Federação Portuguesa de Futebol na lista que lidera às eleições de 10 de Dezembro, não é um nome consensual no sector.

«Normalmente, quando gerimos uma empresa ou algum sector, temos sempre um grupo que está de acordo connosco, mas unanimismo é difícil de obter. Nesse sentido, tenho de admitir que alguns árbitros possam não gostar tanto de Vítor Pereira, como outros», diz Fernando Gomes, em declarações à Renascença, sublinhando que o actual presidente da Comissão de Arbitragem da Liga dá «garantias de idoneidade, seriedade, imparcialidade e equidistância relativamente à gestão do sector da arbitragem».

Noutro plano, o candidato à presidência da FPF o candidato manifesta a intenção «de trazer uma final de uma competição europeia» para Portugal.

In:Bola

Reacções:

0 comentários: