quinta-feira, 24 de maio de 2012

"Os árbitros são muito mais profissionais que os jogadores"

Em Portugal muito se tem discutido sobre a possibilidade de se avançar para a profissionalização dos árbitros. Mas aqui ao lado há quem defenda que os juízes do futebol são "muito mais profissionais" que os jogadores.

É a opinião de um árbitro bem conhecido dos portugueses e que, ainda na semana passada, fez companhia a Pedro Proença, na final da Liga dos Campeões (no papel de quarto árbitro).

Carlos Velasco Carballo, único representante espanhol no próximo Europeu, falou esta quarta-feira sobre a profissionalização: "O que é ser profissional? Eu deixei o meu trabalho para me dedicar em exclusivo a isto. Treino todos os dias, tenho uma atividade remunerada, e muito bem remunerada, e preparo todos os jogos".

"Os árbitros são muito mais profissionais que os jogadores porque aglutinamos a figura do jogador e do treinador. Sim, considero-me profissional", afirmou o espanhol, citado pela Europa Press.

Velasco Carballo, árbitro da final da Liga Europa no ano passado entre FC Porto e Sp. Braga, quer realizar um Europeu "extraordinário".

O espanhol explicou num evento em Madrid que a metodologia de treino para todas as partidas envolve, por exemplo, o facto dos árbitros correrem entre 11 e 12 quilómetros.

In: Relvado

Reacções:

0 comentários: