segunda-feira, 22 de agosto de 2011

Árbitro de Aveiro: «Tive recepção fantástica»


Beira Mar-Sporting teve trabalhador da indústria sanitária como juiz; Fernando Martins explica que foi ao estádio «para ver o jogo»

Fernando Martins foi um dos protagonistas da jornada. Árbitro de Aveiro, foi o juiz improvisado para dirigir o Beira Mar-Sporting. Não quis falar sobre o encontro, mas admitiu que dormiu «tranquilo» e que teve uma «recepção fantástica» no trabalho.

O árbitro explicou um pouco do processo que levou à escolha para apitar a partida. «Chamaram-me para me apresentar junto do observador da Liga, fui ver o jogo normalmente», disse.

«É verdade que havia outro árbitro, mas houve um diálogo de nível elevado e houve acordo em ser eu a dirigir o jogo», contou ao Maisfutebol, sem querer acrescentar pormenores.

Sérgio Cruz era o outro juiz que estava presente. Esta manhã, em declarações à rádio pública, o árbitro de Setúbal explicou que foi preterido porque «o Beira Mar apresentou uma equipa de arbitragem » e revelou: «Foi alegado que, pelo facto de eu ter deixado a actividade para ir para Angola, não tinha a licença actualizada.»

Apesar de confirmar a presença de outro árbitro, Fernando Martins recusou-se a responder a Sérgio Cruz. «Não faço comentários em relação ao outro colega, foi alguém que decidiu que seria eu, não fui eu que decidi», concluiu sobre o tema.

De qualquer forma, o juiz de Aveiro foi elogiado quer por aveirenses quer por leões. «Não falo sobre o jogo, mas posso dizer que dormi tranquilo, tive uma recepção fantástica no trabalho e já recebi muitos parabéns hoje», referiu o árbitro, de 43 anos, na pausa para almoço.

Na arbitragem há 19 anos, Fernando Idalécio Martins trabalha na indústria sanitária, é responsável pela secção de vidragem. Apita no distrital de Aveiro e, de acordo com o próprio, foi «o primeiro classificado da primeira categoria B» daquela associação. Faz, portanto, parte de um grupo que já não pode subir de divisão.

In:Mais Futebol

Reacções:

0 comentários: