sábado, 25 de junho de 2011

Tutk ajuda novos árbitros

O observador de árbitros Uno Tutk tem ajudado os juízes presentes na Taça das Regiões da UEFA a aperfeiçoarem as suas qualidades, à medida que a próxima geração tem a oportunidade de brilhar em Portugal.


Enquanto a Taça das Regiões da UEFA oferece aos melhores jogadores amadores do Velho Continente a oportunidade de darem nas vistas a nível europeu, a competição também proporciona aos árbitros aquilo que o observador Uno Tutk espera ser o primeiro passo rumo a uma carreira de sucesso.

Tutk começou a arbitrar no seu país natal há 17 anos, e à medida que o seu talento se tornou evidente, rapidamente passou a desempenhar as funções de árbitro assistente nas competições europeias. Com todos os juízes presentes nesta fase final a fazerem parte da lista da UEFA, Tutk encara o torneio como uma experiência valiosa.

"Esta é uma boa oportunidade para mostrarem que estão prontos para jogos mais importantes", disse ao UEFA.com. "Se tudo correr bem, num futuro próximo vamos ver alguns deles em jogos da UEFA Europa League e da UEFA Champions League."

Tutk revela-se impressionado com a forma como as coisas se têm desenrolado no Norte de Portugal para a mais recente fornada de árbitros. "Assisti a dois jogos e ambas as equipas ficaram satisfeitas com o trabalho dos árbitros: Espero que continue assim no resto do torneio", acrescentou. "Como é óbvio, há coisas em que precisamos de nos concentrar, mas discutimo-las depois de cada partida."

Enquanto observador de árbitros, a função de Tutk é auxiliar o lote de 16 árbitros, e revelou que uma ferramenta essencial para conseguir isso é a análise de vídeos. "Vemos os jogos em DVD, falamos sobre os pontos principais e damos informações sobre aquilo que devem esperar de cada equipa", disse Tutk, que é responsável pelo funcionamento do Centro de Excelência para Árbitros da UEFA (CORE).

Apesar de agora estar concentrado em preparar os árbitros para a jornada decisiva da fase de grupos, este domingo, Tutk espera que a principal competição europeia amadora seja apenas mais um passo rumo a objectivos mais importantes para este grupo de árbitros de 2011.

"Neste torneio contamos com seis árbitros, e espero que pelo menos dois deles atinjam o mais alto nível. Vejo potencial para isso", disse. "Um dos árbitros do meu país dirigiu a final do Campeonato da Europa Sub-17, no mês passado, na Sérvia, e isso deixa-nos muito orgulhosos, especialmente porque a Estónia é um país pequeno."

in:UEFA

Reacções:

0 comentários: