sexta-feira, 24 de fevereiro de 2012

AF Porto forma jovens árbitros

O Conselho de Arbitragem da Associação de Futebol do Porto entregou as insígnias e equipamentos aos árbitros estagiários distritais que recentemente concluíram o curso de arbitragem, numa cerimónia que decorreu, esta quinta-feira, na Sede da AF do Porto.

Na cerimónia marcaram presença mais de 100 árbitros (78 de Futebol e 25 de Futsal), do sexo masculino e feminino, com idades compreendidas entre os 14 e os 31 anos.

O Vice-Presidente do Conselho de Arbitragem (Secção Não Profissional), Carlos Manuel Carvalho, que também esteve presente na cerimónia, mostrou-se agradado com a entrada de muitos jovens na arbitragem. “É positivo observar que muitos jovens se revelam interessados em ser árbitros e mostram paixão por esta função. Hoje foram entregues insígnias a vários jovens de 14/15 anos. É importante continuar a rejuvenescer o sector, mas sabemos que é preciso que as Associações Distritais consigam arranjar condições para fixar esses jovens na arbitragem. As Associações Distritais alegam não ter forma de criar equipas de apoio – para acompanhar os jogos, fazer algumas intervenções didácticas junto dos árbitros – e é preciso que nós, o Conselho de Arbitragem Nacional, dentro das possibilidades da Federação Portuguesa de Futebol, criemos essas possibilidades. É importante que tenhamos um Coordenador Nacional que possa trabalhar com os Coordenadores Regionais, para que possuamos, em todos os Conselhos de Arbitragem várias regiões, o mesmo rigor. Esta intenção de ter mentores a acompanhar os jovens árbitros a nível distrital é pioneira”, sublinhou.

Carlos Carvalho explicou que “no sentido de termos mais e melhor arbitragem, o Conselho de Arbitragem da Federação Portuguesa de Futebol está a tentar ajudar os diversos Conselhos de Arbitragem Distritais a melhorar as condições de trabalho para os jovens árbitros, para que eles possam progredir e não abandonem essa carreira precocemente. Estamos empenhados em renovar vários aspectos relacionados com a arbitragem e é com esse espírito que apoiamos esta iniciativa da Associação de Futebol do Porto, como apoiaremos, em breve, a das Associações de Futebol de Vila Real e Beja”, revelou.

In:FPF

Reacções:

0 comentários: