segunda-feira, 11 de junho de 2012

Pedro Henriques e o árbitro de quarta: «deixa jogar»

Craig Thomson foi o árbitro escolhido para apitar o jogo entre Portugal e a Dinamarca, da segunda jornada do Grupo B. O escocês, de 39 anos, é advogado e árbitro internacional desde 2003.

Este ano Craig Thomson dirigiu 37 jogos oficiais: mostrou 128 cartões amarelos e 12 cartões vermelhos.

«É um árbitro que deixa jogar», explica Pedro Henriques, «preveligia o contacto físico e aplica muito a lei da vantagem».

O antigo árbitro admite que nestas competições cada juiz se aproxima mais daquilo que são os padrões da UEFA mas as características particulares estão sempre presentes e por isso os jogadores da selecção nacional devem «concentrar-se apenas no jogo».

Sem querer alongar-se sobre o assunto, Pedro Henriques garante que «as características particulares desta equipa de arbitragem já estão neste momento na posse da selecção nacional».

Assumindo que sendo um «árbitro tipicamente britânico» o tipo de jogo (mais físico) dos dinamarqueses possa sair beneficiado, Pedro Henriques lembra que este é um jogo decisivo «e a UEFA teve isso em conta. Escolheu um árbitro de grande confiança».

In:TSF

Reacções:

0 comentários: