segunda-feira, 3 de outubro de 2011

Clubes algarvios querem reunião urgente com AFA

Os responsáveis de vários clubes filiados na Associação de Futebol do Algarve vão pedir hoje uma reunião urgente com a direcção daquela entidade, no propósito de obterem esclarecimentos sobre o diferenciado com os árbitros, pois na jornada de abertura do distrital apenas compareceram juízes de campo em 4 dos 8 jogos.

"Estamos indignados, pois já se previa que este cenário se concretizasse e não foram tomadas medidas", refere Carlos Ronquilho, presidente do Campinense. "Os clubes pagam avultadas somas e o míninmo que esperávamos era que estivesse alguém da AFA no campo para nos ajudar." Um dirigente do Lusitano apitou a partida, com dois dirigentes do Campinense como auxiliares. "Tudo se resolveu, mas não deveria ter sido assim", assinala Carlos Ronquilho. O líder do Campinense já falou com responsáveis de outros emblemas e "vamos contactar a direcção da AFA para que se encontre uma solução rápida".

O Guia é outros dos clubes queixosos, com os seus responsáveis a tecerem criticas ao árbitro de ocasião que dirigiu a partida com o Castromarinense, na qual um jogador dos guienses fracturou uma perna.

In:Record

Reacções:

0 comentários: